quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Calendário 2018


Breve História


       A partir de julho de 2000 um grupo de enxadristas passou a se reunir no pátio do 2º andar do Edifício Lido em São Francisco e jogar Xadrez em mesas cedidas pelas lojas que lá funcionavam. O grupo era composto por Milton Okamura, Lybio Quintas, Gilson Paula de Souza, Luiz Carlos Donato, José Costa Fernandes Jr., Julio Rebello, Cristiano Porto, Marluce Ribeiro, José Luciano Lemos e diversos outros, estes mencionados se tornaram os fundadores do Núcleo de Xadrez Niterói.  Jogávamos em marquises precárias e com pouco espaço coberto; quando chovia ficávamos sujeitos às intempéries.  Em fins de novembro daquele ano alugamos uma ampla loja nesse mesmo andar com uma bela festa de inauguração que contou com importantes figuras do meio enxadrístico do nosso Estado e passamos a partir daí a organizar o clube de maneira mais estruturada. Realizamos nosso primeiro torneio em janeiro de 2001, ganho na época por Luiz Eduardo Leal. Em julho participamos do nosso primeiro Interclubes da FEXERJ chegando em 3º lugar no Geral, um feito para apenas 7 meses efetivos de clube.
        Os anos se seguiram e as conquistas aumentaram: em 2003 e 2004 fomos bi campeões gerais do Interclubes, e em 2004 e 2007 campeões da disputadíssima Taça Eficiência da FEXERJ. Em 2004 especialmente fomos campeões estaduais na classe A, na classe C e vice na classe B, um feito que poucos clubes do Estado conseguiram desde a fundação da nossa entidade máxima.
     A partir de 2003 nosso clube foi responsável pelo ensino de Xadrez nas Escolas de Niterói trabalhando neste Projeto até dezembro de 2007 ensinando Xadrez nas Escolas Municipais a mais de 5.000 alunos.
      Lá no Lido organizamos inúmeras competições da Federação, como 2 Torneios dos Mestres, o Campeonato do Interior (2007), Regionais de Niterói, 2 Estaduais de Seniors e muitas outras provas, sem falar em 6 competições internas por ano em média, além de 2 torneios FIDE. Fomos matéria de jornais em várias ocasiões e também de 3 matérias na televisão (duas na Globo e uma no SBT); demos entrevista para a Voz do Brasil esta em 2006.
         A partir de setembro de 2008 saímos do Lido e fomos para o Clube de Regatas Icaraí, onde ficamos até junho de 2013. Desta data até hoje estamos jogando e organizando nossas competições internas no Clube Português de Niterói. 

*Por: MF José Costa Fernandes Jr - 07/02/2018

Galeria Histórica

 A velha guarda do Xadrez de Niterói: Laerte Della Nina, Sobrosa, Gilberto Lima e J. Costa (2013).

O campeão Niteroiense de 2013 recebe o prêmio de Marcelo Einhorn.

Os premiados do Niteroiense de 2013.

Matéria do Globo Niterói sobre o NXN.

As 3 equipes do NXN (A, B e C) no Interclubes 2004 em V. Redonda - Campeões Gerais.

Equipe A do NXN à direita, no Interclubes 2006 (2ª col.) contra a equipe campeã

Equipe B do NXN à esquerda, no Interclubes 2006

Equipe C do NXN no Interclubes 2006 (3ª col.) - 2º no Geral

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

ATA reunião 09/02/2018


NÚCLEO DE XADREZ DE NITERÓI Rua Prof. Lara Vilela, 176, Ingá – Niterói – RJ CNPJ 04.117.954/0001-30 1 REUNIÃO INFORMAL DE ASSOCIADOS 2/2018  

REUNIÃO INFORMAL DE ASSOCIADOS 2/2018

Com fulcro no art. 11, parágrafo 2º, parte final c/c art. 18, do Estatuto em vigor, na data de 8 de fevereiro do ano de 2018, realizou-se reunião informal de associados nº 2/2018 para tratar de assuntos de interesse do Núcleo.
Às 19:00, teve início a reunião onde foram discutidos os seguintes assuntos:
Considerando o plano de ação traçado na última reunião, no tópico “ampliação das dependências do NXN” (vide ARI 1/2018), deliberou-se sobre o valor de aluguel da nova sala de maior dimensão. Após breve debate acerca do custo-benefício, a nova contratação fora aprovada por unanimidade.
Com relação ao ar condicionado split, decidiu-se aguardar maiores informações técnicas e apuração de valores para escolha na aquisição.
Esboçaram-se ideias de infraestrutura para o novo ambiente, tais como mobiliário, decoração, substituição de tabuleiros e peças danificados, tudo a ser trabalhado melhor em momento oportuno.
Na contrapartida da majoração de despesas e projetos de expansão, teve início debate acerca do sistema financeiro talhado no Estatuto (arts. 6º, 16, parágrafo 4º e 6º, 17 e parágrafo único, 19 e 20), em especial, sobre a adoção de procedimentos para aperfeiçoar o recolhimento das contribuições e critérios de isenção.
Pôs-se em pauta a criação de medidas, tais como: adoção de planos de pagamento trimestral, semestral, anual, concessão de benefícios e prêmios para associados quites, condições para deferimento de isenções, valores de diária, entre outras sugestões para alcance do fim almejado.
Pediu-se atenção para que as ações do Núcleo estejam assentadas em três pilares: técnico, financeiro e social, com analise individualizada dos casos de isenção, do grau de envolvimento do associado com o Núcleo e dos critérios a serem instituídos para concessão do benefício, concedido em caráter excepcional.
Com relação ao Capítulo III, do Estatuto do NXN, que trata "dos associados, direitos, deveres, admissão", sugeriu-se a elaboração de espécie de cartilha ou termo de associação com as principais regras estatutárias, cuja observância pelos associados depende o desenvolvimento e bem-estar da associação.
Abordado tais tópicos de maneira geral, ficou assentado que cada diretoria, estimada para o próximo biênio, deve desenvolver com AUTONOMIA os temas de interesse do Núcleo de modo específico, criando regras próprias, em pormenores, adequadas ao alcance efetivo das intenções manifestadas, para posterior redução a termo no regimento interno, conforme planos de ação (vide Ata 1/2018).
Por fim, sugeriu-se a criação de agendas de palestras, eventos de análise de partidas, lance do mestre, torneios temáticos, entre outras atividades, à critério da diretoria técnica, que promovam o aprimoramento do xadrez entre os associados e a força do Núcleo.
Estiveram presentes à reunião: José Costa, Milton Okamura, Fábio Barbosa, Felipe Gambini, Jorge Sixel, Vitor Rodrigues, Sidney de Sá, Andrey Czertok, André Reale, Paulino Xavier, Eduardo Sobrosa e Jorge Alves.
Fim da reunião às 20:30.